Acessooh Mídia Para Sua Empresa

7 pilares do novo profissional de mídia

21/06/2019

Você sabia que hoje é celebrado o Dia do Profissional de Mídia?

E, como o mercado de trabalho está cada vez mais exigente, vamos celebrar com algumas importantes para quem está começando ou deseja se atualizar nessa área.

O mídia sempre foi visto como aquele profissional bem relacionado, que conhece o mercado, necessidades do cliente e tendências.

Recentemente, a onda agregou mais expectativas quanto a essa carreira, já que o consumidor assumiu o protagonismo, exercendo grande influência antes da decisão de compra.

Por isso, o conhecimento sobre o público precisa ser o foco não apenas dos colegas de , publicidade e conteúdo, mas também do mídia.

Confira, a seguir, 7 pilares que dão suporte ao novo perfil desse profissional.

1. É um publicitário completo

Este insight vem de uma entrevista publicada pelo site Meio & Mensagem.

Nela, o diretor geral de mídia da Ogilvy Brasil, Flavio De Pauw, comenta que o novo mídia não pode se restringir a fazer um meio de campo entre agência e cliente, mas sim se interessar e conhecer outros segmentos dentro do meio publicitário.

2. Forma uma opinião

Além de conhecer novas possibilidades e mecanismos, é importante ter uma opinião embasada em bons argumentos, como pesquisas e cases.

Lembrando que os dados também apoiam relatórios e insights assertivos na veiculação das campanhas.

3. Utiliza uma caixa de ferramentas para viabilizar campanhas de sucesso

Em vez de limitar suas escolhas a canais e veículos, o mídia antenado tem a mente aberta.

Assim, está apto a viabilizar campanhas criativas, que saem do óbvio e envolvem novos mecanismos, inclusive os tecnológicos.

4. Atento a novas tecnologias

Streaming, big data, realidade virtual, realidade aumentada, .

É preciso ficar de olho nas oportunidades que essas tecnologias oferecem para entregar anúncios mais atrativos ao público certo.

5. Conhecimentos de branding

Foi-se o tempo em que apenas os colegas precisavam conhecer a fundo a gestão de marcas.

Sem essa informação, o mídia corre o risco de não conseguir alinhar o planejamento aos objetivos da empresa/cliente.

6. De olho na segmentação

Uma mesma marca pode conversar com diferente públicos, em diferentes momentos.

Saber selecionar esses grupos e direcionar a campanha que mais se aproxima de seus interesses pode fazer a diferença nos resultados.

7. Jornada do consumidor

Por último, mas tão importante quanto os demais tópicos, vêm os conhecimentos sobre os hábitos do target – que aparecem na jornada do consumidor.

Com esses dados em mãos, é possível marcar presença em momentos estratégicos, aproximando marca e clientes em potencial.

Gostou das dicas? Se quiser saber mais, confira, neste link, insights para profissionais que trabalham com criatividade.

Fontes: https://www.meioemensagem.com.br/home/videos/2016/05/16/o-que-esperar-do-novo-profissional-de-midia.html

https://www.kantaribopemedia.com/a-evolucao-do-profissional-de-midia-na-publicidade/

https://digitalks.com.br/artigos/o-perfil-do-novo-profissional-de-midia/

Gostaria de Conhecer Mais Sobre Campanha e Mídia Out Of Home?