Acessooh Mídia Para Sua Empresa

5 habilidades comportamentais para quem trabalha com marketing

22/02/2019

Já ouviu falar em soft skills? Podemos dizer que são habilidades de comportamento e, por isso mesmo, difíceis de avaliar e mensurar. Empreendedores e especialistas em recursos humanos costumam dizer que muitas pessoas são contratadas por terem bons hard skills, e demitidas por não desenvolverem soft skills. Ou seja, entram nas empresas por terem uma formação técnica e currículo invejáveis, mas saem pela falta de inteligência emocional.

Desenvolver a inteligência emocional é um fator crítico em qualquer área de mercado, mas impacta especialmente os segmentos que lidam com atendimento e criatividade. Num mundo cada vez mais dinâmico, os profissionais de comunicação, publicidade e precisam ficar atentos e trabalhar suas habilidades de comportamento.

Conheça as principais, de acordo com executivos de grandes empresas do setor:

1. Resiliência

Parafraseando o dono das maiores redes sociais da atualidade, Mark Zuckerberg, “em um mundo que está mudando rapidamente, a única estratégia que certamente vai falhar é não correr riscos”.

Nesse cenário, a capacidade de se adaptar a essas mudanças, assumindo riscos e superando falhas rapidamente, é essencial. O nome dessa qualidade é resiliência, e você pode aprimorar a sua tendo uma postura mais positiva diante dos problemas. Lembre-se que é a partir deles que surgem as melhores oportunidades.

2. Criatividade

Sim, esta também é uma competência técnica do pessoal de propaganda e marketing. Mas aqueles que desenvolvem uma visão criativa sobre o mundo são profissionais diferenciados. Isso significa investir em referências fora do universo da comunicação, já que saídas inovadoras podem nascer de um mix entre referências e um novo olhar sobre antigas questões.

3. Empatia

Essa é uma das maiores aliadas para fugir das gafes e produzir campanhas que realmente se conectam ao público-alvo. A empatia também é uma forma de olhar sob novas perspectivas, já que implica em se colocar no lugar do outro para compreender seus desejos e necessidades.

4. Compreensão dos dados e métricas

Os grandes players do mundo entenderam, há bastante tempo, que dados são poder. Basta observar o exemplo da Alphabet, dona da marca Google, que prioriza seus investimentos nos dados desde o início da companhia, duas décadas atrás.

Portanto, o diferencial é saber o que fazer com tantos números, ou seja, separar o que é interessante e direcionar para as métricas e KPIs.

5. Engajamento

Com a popularização das redes sociais, essa palavra ganhou relevância. O engajamento se refere a um envolvimento genuíno com marcas, conteúdos ou, no caso dos soft skills, com a

equipe. Essa é uma qualidade de todo bom líder: ele consegue envolver e levar motivação para os colegas e clientes.

E você, acrescentaria alguma habilidade a essa lista? Deixe um comentário!

Fontes: https://forbes.uol.com.br/carreira/2017/07/6-soft-skills-mais-requisitadas-pelo-mercado/

http://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2019/02/01/5-soft-skills-essenciais-para-profissionais-de-marketing-e-propaganda.html

Gostaria de Conhecer Mais Sobre Campanha e Mídia Out Of Home?




Post Relacionado