Acessooh Mídia Para Sua Empresa

Dia da Mulher 2019: conheça 5 talentos que fizeram a diferença na Publicidade

08/03/2019

Começando na mídia out of home – assim como os primeiros anúncios, divulgados por meio de cartazes -, as mulheres sempre impactaram o universo da Publicidade, seja produzindo ou consumindo.

Essa contribuição feminina está representada na ficção, em séries como “Mad Men”, que retrata os tempos áureos de agências de publicidade em Nova York na década de 1960. Lançada em 2007, a produção mostra a história de Peggy Olson, que começa como secretária e se torna redatora-chefe da agência fictícia Sterling Cooper & Partners.

Na vida real, empresárias, publicitárias e outras profissionais têm feito a diferença num mercado predominantemente masculino. Neste Dia Internacional da Mulher, reunimos alguns exemplos para te inspirar. Olha só:

Pioneira no Brasil

Marta Paturan de Oliveira foi a primeira líder em Publicidade em terras nacionais. Junto a Amadeo Viggiani, a empresária fundou a Publix – primeira companhia a comercializar as tabuletas, que precederam os outdoors brasileiros.

Reconhecida

Em 2016, a empreendedora Gal Barradas foi a primeira mulher a figurar no ranking do Agency Scope, com os 10 publicitários mais admirados do país. Também foi indicada ao Women To Watch Brazil, mostrando que está entre as mulheres de sucesso mais admiradas.

Internacional

Outra publicitária de respeito é Christina Carvalho Pinto, a primeira mulher da América Latina a se tornar presidente de uma agência global: a Young & Rubicam. Anos mais tarde, deixou a Y&R na posição de vice-chairwoman para a América Latina. Em 1996, fundou a agência Full Jazz, conquistando grandes clientes como Natura, Peugeot, Santander e Porto Seguro.

Gestora

Ao lado de Luiz Sanches, Cíntia Gonçalves está à frente da AlmapBBDO. Deixando de lado barreiras como o trabalho sob constante pressão, jornadas longas, horas extras e estresse, a executiva acredita que apostar em mulheres na liderança acelera transformações importantes para o mercado da propaganda.

Adeus, preconceitos

Investindo numa visão nova da relação entre mulher e cerveja, Maria Fernanda Albuquerque provocou mudanças profundas na Comunicação da Skol. Diretora de da marca, ela começou a quebrar padrões e estereótipos machistas internamente. Seus esforços geraram um reposicionamento da empresa, que passou a adotar uma postura em favor da diversidade.

E você, acrescentaria mais mulheres à nossa lista?

Fontes: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2007/resumos/R1572-1.pdf

http://propmark.com.br/mercado/mulheres-ganham-mais-espaco-na-publicidade

https://epocanegocios.globo.com/Inspiracao/Carreira/noticia/2015/04/o-que-voce-pode-aprender-sobre-carreira-com-peggy-olson-de-mad-men.html

http://www.clubedecriacao.com.br/ultimas/mulheres-na-publicidade/

https://www.huffpostbrasil.com/entry/mafe-albuquerque-mulheres-cerveja_br_5c462a14e4b0bfa693c63d88

Gostaria de Conhecer Mais Sobre Campanha e Mídia Out Of Home?