Mídia Out Of Home

Foi-se o tempo em que a mídia se restringia a formatos tradicionais. Com a possibilidade de utilizar telas touch, games, câmeras, sensores térmicos e até streaming, o (digital out of home) tem conquistado cada vez mais anunciantes e o público.

De acordo com a pesquisa Mídia Dados 2019, há situações em que o meio se aproxima do , proporcionando interação a marcas de diversos segmentos. Essa modernidade fica evidente entre as empresas que oferecem em grandes cidades brasileiras, como a Otima.

Mídia Out Of Home

Uma ação chamou a atenção ao usar tecnologia para contar parte da história do filme “X-MEN – Fênix Negra”.

Três abrigos de ônibus na região central de São Paulo/SP receberam cartazes que mostram as duas versões da personagem Jean Grey, protagonista do longa.

Conforme a posição em que se observavam as peças, elas mostravam Jean como X-MEN, ou como fênix.

Mídia Out Of Home

Reconhecida no meio pelos painéis coloridos, a LedWave anunciou, recentemente, novos projetos. A ideia é que a companhia se expanda para fora do Brasil nos próximos dois anos, alcançando países da América Latina e os Estados Unidos, a partir do investimento de R$ 40 milhões.

Mídia OutOfHome

Aproveitando o clima natalino, a Elo desenvolveu uma ação pela inclusão. Este ano, a marca, que patrocina os tradicionais espetáculos de Natal nas fontes do Parque Ibirapuera, em São Paulo/SP, disponibiliza transmissão com audiodescrição, linguagem de libras e legenda. Para conferir as inovações, é só baixar o aplicativo Go All.

Mídia OutOfHome

Um dos principais pontos turísticos de São Paulo/SP, a ganhou mais um atrativo. Para celebrar as festas, a Marisa criou uma ação inusitada: no lugar de produtos, montou dois cenários em suas vitrines. A ideia é atrair clientes, que podem tirar fotos e compartilhar em redes sociais com a hashtag #BrilhouNaMarisa.

Mídia OutOfHome

Um grande movimento está sendo realizado por todo o país, reunindo entidades e personalidades do universo publicitário. A proposta é juntar ideias e projetos para formar o Manual da Criação para Mídia Exterior, que será disponibilizado pelo marketplace Anunciarooh.com.

Contar com um guia para criação de é interessante, pois essa modalidade tem diferenças quanto às demais mídias, além de diferenças internas – relacionadas aos locais aonde o anúncio é divulgado, público, horários, tecnologias utilizadas, entre outras.

Mídia OutOfHome

Diageo, Itaú e McDonald’s foram as grandes vencedoras da primeira iniciativa nacional em reconhecimento às campanhas de mídia out of home pelo país.

Os anúncios contemplados têm em comum a exibição em telas digitais e a interatividade, duas tendências em .

Com descontração, as campanhas fazem referência a elementos históricos (Johnnie Walker), preservação ambiental e saúde (Itaú) e produtos populares (Big Mac).

Mídia OutOfHome

Primeiro, a marca realizou um teste cego com clientes para comparar o sabor da Coca-Cola ao da Pepsi. Em seguida, a mensagem foi reforçada através de mídia out of home em shoppings frequentados pelo público que participou da degustação.

Uma tecnologia criou um ID exclusivo, registrado em diversos aplicativos, para acionar campanhas de mídia programática nos shoppings Utrecht, Haia e Roterdã, localizados em Amsterdã, na Holanda.

Mídia OutOfHome

A ideia é da gigante de mídia , JC Decaux. Focando na experiência do usuário, a companhia lança, neste mês de novembro, o primeiro corredor formado por telas com anúncios .

O conceito inovador permite que o anunciante desmembre sua peça, que aparecerá em partes, mas inteira quando o público olhar desde o começo do corredor. O efeito visual é impressionante.

Mídia OutOfHome

Desde 26 de setembro, paulistanos podem conferir a história dos mais diversos tipos de mídia, inclusive out of home, na mostra idealizada pelo Grupo de Mídia. A ideia é revisitar momentos históricos, divididos em quatro trechos de 10 anos cada: Massificação das Mídias; O Brasil via Embratel; Quantidade e Qualidade; A Internet Veio para Ficar e A Era .