Mídia Out Of Home

No futuro, teremos espaço para mídia e publicidade no mercado de trabalho? Com a evolução em ritmo acelerado das máquinas e tendências como experiência do cliente (user experience ou UX), blockchain e realidade virtual, é natural pensarmos que os profissionais de tecnologia serão cada vez mais requisitados.

Mas a próxima década não será tão sombria para publicitários, marketeiros, jornalistas e outros profissionais da Comunicação, desde que adaptem seus conhecimentos às novas demandas.

Mídia Out Of Home

Mídia é a terceira modalidade que mais recebe investimentos publicitários das principais agências brasileiras. De acordo com a pesquisa Cenp-Meios, divulgada recentemente pelo Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp), o conquistou R$ 1,3 bilhões em 2018, o que corresponde a 8,4% do bolo publicitário.
O meio ficou atrás apenas da TV aberta, que segue na liderança dos investimentos em anúncios (58,3%) e da internet.

Mídia OutOfHome

Uma campanha envolvendo música, cantoria e . Essa combinação dá o tom à iniciativa da Mentos, que aproveita os dias do festival Lollapalooza para realizar ativações de um jeito bem criativo e descolado: promovendo o encontro de “duplas de cantores” na estação Pinheiros da Linha 4-Amarela.

Nos dias de festival – de 4 a 7 de abril de 2019 -, será realizada a ação “Cante com um desconhecido, termine a música com um amigo”, que dará prêmios aos participantes de acordo com sua pontuação. O nome da campanha se refere ao fato de que os “cantores” só conhecerão sua dupla na hora de se apresentar.

Mídia OutOfHome

Campanhas out of home são uma forma inteligente para atingir o consumidor final (B2C) nos próprios locais aonde ele faz as compras, como supermercados, lojas de conveniência, shoppings e aeroportos. Por isso, setores como o de lanches industrializados tendem a aumentar os investimentos em campanhas nesses ambientes.

A indústria de lanches industrializados vem enfrentando desafios como a maior oferta – e preferência do consumidor – por alimentos saudáveis, inclusive snacks. O fato de não terem um ponto de venda específico, sendo comercializados ao lado de diversas outras opções, também pode atrapalhar a trajetória da construção de marca junto ao consumidor final.

Mídia OutOfHome

Em uma ideia out of home nada convencional, um projeto usou garrafas de plástico e outros dejetos para construir uma barreira em praia localizada no Arpoador, Rio de Janeiro/RJ. Banhistas, surfistas e outras pessoas que passavam pelo local não conseguiam acessar a praia, devido ao tamanho do muro levantado.

A ação ficou completa com um explicativo contendo um slogan simples e impactante: “Você acredita que o muro aqui do lado foi feito com o lixo coletado por 3 dias na praia da Ipanema?”.

Mídia Out Of Home

Integrando mídia , um aplicativo e alertas em relógios de rua, a campanha “Rota de emergência” conquistou um ouro e dois bronzes no Festival de Cannes 2018. A iniciativa é um exemplo de como, com criatividade e tecnologia, o pode se tornar entretenimento, meio para compartilhar informações e até prestar serviço ao interesse público.

A campanha “Rota de emergência”, criada para a JCDecaux, funciona assim: primeiro, motoristas de ambulância baixam um aplicativo. Através da ferramenta, podem emitir um sinal quando estiverem passando pelas principais avenidas de São Paulo/SP.

Mídia Out Of Home

Qual o alcance do em aeroportos? Parece que agências e anunciantes terão uma resposta detalhada a partir de agora, com o lançamento de uma ferramenta que permite verificar a quantidade de passageiros por terminal diariamente, seu perfil e detalhes sobre o impacto das campanhas.

O sistema AAM (Airport Audience Measurement), lançado recentemente pela JCDecaux, chegará ao Brasil em abril, sendo o Aeroporto Internacional de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo/SP, o primeiro a receber essa tecnologia. Antes, terminais de Charles de Gaulle, em Paris, e Changi, em Singapura, experimentaram uma versão piloto.

Mídia Out Of Home

Out of home, mídias digitais e até máscaras divulgadas entre blocos de rua no Carnaval. Essas são algumas ações da campanha direcionada pelo slogan “Exploração Sexual Infantil. Vamos acabar com esse Carnaval”, do Instituto Liberta. Com base em números alarmantes, como a exploração anual de 500 mil crianças e adolescentes no Brasil, a iniciativa é um exemplo de conscientização de forma simples e direta.
Durante o período de Carnaval, quando há festejos em diversos locais, essa realidade se agrava. Por isso, a ocasião foi escolhida para divulgar peças de , metrô, , jornais e redes sociais – nas quais a campanha é compartilhada via hashtags #todeolho e #disque100medo. Conta, ainda, com um filme de 30 segundos, que expressa as faces – positiva e negativa – da festa popular.

Mídia Out Of Home

Desde a popularização da internet e o desenvolvimento de protocolos de segurança que permitiram compras mais seguras, o comportamento do público passou por mudanças drásticas. Exigente e antenado, o cliente da era do conhecimento quer mais da relação com as marcas e deseja ir além da simples aquisição de produtos.

Nesse cenário, as companhias que se aproximarem do consumidor de maneira transparente aumentam as chances de sucesso. No post de hoje, trazemos inspiradas por um estudo divulgado recentemente pela WGSN. Chamado “Consumidor Ultradinâmico”, o levantamento reúne macrotendências e dicas sobre o comportamento do público nos próximos anos.

Mídia Out Of Home

A mídia out of home esteve entre as atrações gratuitas do evento este ano. A ideia foi da Otima, que contou com estande para divulgar seu aplicativo de mobilidade urbana, o Leve-me. Quem baixou o app pode participar de um jogo interativo.
Os jogadores operavam através de um controle remoto, uma mesa de games, com o objetivo de completar um trajeto de ônibus na capital paulista. Ao final da Campus Party, o vencedor foi premiado com um PlayStation 4.